Translate

domingo, 8 de dezembro de 2019

Jabuticaba Escarlate - híbrido P. aureana x P. X cauliflora.















Jabuticaba Escarlate é o nome dela!
Variedade muito precoce e produtiva.
Super indicada para cultivo em vaso.
Jabuticaba Escarlate - híbrido P. aureana x P. X cauliflora.
Frutos subglobosos, vermelho-escarlate, costada, de polpa suculenta e doce.
Usos: os frutos são consumidos in natura, em geleias, doces e licores.
Propagação: por sementes e por enxertia.
Fotos: tiradas em nosso pomar pessoal na cidade de Casa Branca - SP.
Safra: novembro 2019.
Texto: Livro " Frutas no Brasil " ( Harri Lorenzi e outros).

Syzygium sp. - Fruta-do-mistério (mistery fruit).












Syzygium sp. - Fruta-do-mistério (mistery fruit).

A planta é um pequeno arbusto de copa densa e esparramada, sempre de pequeno porte. Cultivado no Hawaii.
Espécie de Syzygium de frutos vermelhos, pequenos e doces. Climas tropicais e subtropicais.

Usos: Os frutos são consumidos in natura, muito apreciados por pássaros. Pode ser cultivada em vasos, excelente para bonsais.
Propagação: Principalmente por sementes, frutifica abundantemente, várias vezes ao ano.
Cultivo: De fácil cultivo, aprecia solos ricos e com boa drenagem, ao sol pleno ou muita luz.
Safra: Outubro 2019.
Fotos: tiradas em nosso pomar pessoal na cidade de Casa Branca-SP.

Jabuticaba-peluda-do-Mucuri - Plinia sp.














Jabuticaba-peluda-do-Mucuri - Plinia sp.
Nativa das Matas localizadas nas cabeceiras do Rio Mucuri (MG).
Os frutos apresentam coloração roxo-escura quando atingem a maturação completa, textura aveludada na casca e frutos saborosos e doces. Características que também confere destaque entre as jabuticabas.

Usos: Os frutos são consumidos in natura e muito apreciados.
Propagação: por sementes e por enxertia.
Fotos: tiradas em nosso pomar pessoal na cidade de Casa Branca-SP.
Safra: outubro de 2019.
Texto: Livro "Frutas no Brasil" ( Harri Lorenzi e outros)

Eugenia calycina: cerejinha, cereja-do-cerrado, pitanga-vermelha.



















E você já experimentou a cereja-do-cerrado?
Mais uma riqueza desse nosso Brasilzão.

Eugenia calycina: cerejinha, cereja-do-cerrado, pitanga-vermelha.
Arbusto caducifólio e bastante ramificado, de menos de 2 metros de altura, com folhagem de cor verde-prateada, nativas dos cerrados e Campos do Brasil Central, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul.
Frutos elipsoides, vermelhos e brilhantes, coroados pelas longas sépalas persistentes de cor branco-amarelada; possuem polpa espessa, muito suculenta, macia, de sabor doce agradabilíssimo; maturam de outubro a dezembro e contêm uma a duas sementes que se separam facilmente da polpa.
Uso: É uma fruteira raramente cultivada (apenas por colecionadores) e pouco frequente em seu _habitat_ natural; os frutos são consumidos localmente _in natura_ e na forma de geleia e doces, sendo muito populares localmente.
Propagação:Exclusivamente por sementes.
Fotos : tiradas em nosso pomar pessoal na cidade de Casa Branca - SP.
Safra: Outubro 2019.
Texto: Livro "Frutas no Brasil" ( Harri Lorenzi e outros).