Translate

domingo, 25 de novembro de 2018

Plinia trunciflora – Jabuticaba-de-cabinho-rajada-da-Unesp.
















Jabuticabas ūüėČūüėČūüėČ
Plinia trunciflora – Jabuticaba-de-cabinho-rajada-da-Unesp.
√Ārvore de 4-8 metros de altura, da cole√ß√£o da Universidade Estadual Paulista de Jaboticabal – SP (UNESP).
Frutos globosos, grandes, negros e rajados, lisos, brilhantes e longo-pedunculados, com polpa muito doce.

Usos: fruteira cultivada na UNESP de Jaboticabal-SP e em cole√ß√Ķes no resto do pa√≠s.
Os frutos s√£o consumidos in natura e muito apreciados.

Propagação: por sementes e por enxertia.
Fotos: tiradas no pomar pessoal de nosso amigo Paulo Cerri na cidade de Batatais – SP
Contato: atendimentofrutasraras@gmail.com

Eugenia selloi - Pitangatuba
















A incrível e produtiva Pitangatuba, fruta nativa Brasileira.
Eugenia selloi - Pitangatuba
Arbusto semidec√≠duo de 1-2 metros, nativo da restinga dos estados do Rio de Janeiro e Esp√≠rito Santo. Cultivada em pomares dom√©sticos, principalmente por colecionadores. 

Frutos alado-costados, de casca fina e amarelada, com polpa espessa, carnoso-suculenta, de sabor acidulado muito agrad√°vel.
Estudos recentes revelaram que a polpa contém teores de vitaminas e minerais mais elevados que a pitanga-comum (Eugenia uniflora).

Usos:Os frutos são consumidos in natura ( frescos, sucos ou sorvetes), bem como na forma de drinques e geleias. Espécie indicada para vasos.
Propagação: Sexuada, frutifica rapidamente.
Fotos: tiradas em nosso pomar pessoal na cidade de Casa Branca - SP.
Texto: Livro "Frutas no Brasil" (Harri Lorenzi e outros).

Contato: atendimentofrutasraras@gmail.com

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Myrciaria glazioviana - Cabeludinha-da-Cruz.













Come√ßando a semana com a saborosa Cabeludinha-da-Cruz. ūüćÉūüćÄūüćĀūüćāūüĆĽūüćÉ
Myrciaria glazioviana - Cabeludinha-da-Cruz.
Arvoreta de 3-6 metros, cultivada em pomares domésticos. A variedade Cabeludinha-da-Cruz é superior em sabor, possui em sua casca o desenho de uma cruz característica que dá nome a fruta.
Maturação a partir de outubro.

Usos:Os frutos s√£o consumidos in natura e muito apreciados. √ďtima para paisagismo de pequenos espa√ßos e cultivo em vasos.
Propagação: por sementes; frutifica cedo.
Fotos: tiradas em nosso pomar pessoal na cidade de Casa Branca - SP.
Safra: Novembro 2018

Contato: atendimentofrutasraras@gmail.com

Vocês sabiam que existe a Associação Brasileira de Frutas Raras?








Vocês sabiam que existe a Associação Brasileira de Frutas Raras?
Ontem dia 10 de novembro a Associação Brasileira de Frutas Raras completou 10 anos de existência.
E foi realizado na cidade de Rio Claro - SP o 16° Encontro para comemorar essa data.
Muitos amigos colecionadores, palestras e frutas raras.