Translate

terça-feira, 15 de maio de 2018

Eugenia angustissima - cerejinha-de-folhas-finíssimas.





Estamos encantandos com a pequena e delicada cerejinha-de-folhas-finíssimas.

Eugenia angustissima - cerejinha-de-folhas-finíssimas.

Arbusto de 1-2 metros, endêmico no Cerrado e na Caatinga, em faixa central do país abrangendo a Bahia, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, sobro solo rochoso, geralmente próximo a cursos de água.
Cultivado por bonsaístas.
Folhas muito estreitas e alongadas, brilhantes em cima e mais claras no verso, dotadas de pecíolo avermelhado.
Frutos ovalados ou piriformes de 10-15 mm, passando do amarelo, alaranjado, vermelho, até finalmente o negro na maturação completa.
O sabor é muito doce e agradável.

Usos: os frutos são consumidos ao natural e atraem pássaros; a planta é muito ornamental e apropriada para o cultivo em vasos e bonsais.
Propagação: por meio de sementes. Necessita de substrato com excelente drenagem para se manter saudável. O desenvolvimento é lento.
Fotos: tiradas em nosso pomar pessoal na cidade de Casa Branca-SP.
Texto: Livro Frutas no Brasil ( Harri Lorenzi e outros).


Contato: atendimentofrutasraras@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos a sua visita .Deixe seu comentário, pergunta ou sugestão.